A Maior Dificuldade de uma Prova ou Processo Seletivo

04 de novembro de 2010.

O comandante Richard de Crespigny e sua tripulação preparam o A380 matrícula VH-OQA para o voo Qantas 32, de Cingapura para Sidney, na Austrália.

Foto do A380 VH-OQA
Fonte: JetPhotos

A bordo estão 440 passageiros, 24 comissários, 3 comandantes e 2 co-pilotos.

Às 09:56 (hora local), o avião decola da pista 20C do aeroporto de Changi, em Cingapura.

Mas, menos de 5 minutos depois, o improvável acontece.

A tripulação ouve um estouro, seguido de outro ainda mais forte.

Imediatamente, o avião começa a vibrar…

A Master Warning e um monte de luzes de alerta acendem e tocam por todo lado…

E começam a surgir mensagens no computador de bordo (ECAM), uma atrás da outra:

ENG 2 TURBINE OVERHEAT
ENG 2 STALL
ENG 2 OIL TEMP HI
ENG 2 EGT OVER LIMIT
F/CTL SLAT SYS 1+2 FAULT
HYD G RSVR PRESS LO
HYD Y ENG 4 PMP A PRESS LO
HYD Y ENG 4 PMP B PRESS LO
L/G CTL 1 FAULT
AIR L OUTR WING LEAK
AIR L INR WING LEAK
AIR ENG 2 BLEED LEAK
F/CTL PART SPLRS FAULT
F/CTL ALTN LAW (PROT LOST)
L/G CTL 2 FAULT
BRAKES A-SKID FAULT ON WING LG
ELEC DRIVE 1 DISCONNECTED
F/CTL AILERON ACTUATOR FAULT
F/CTL AILERON ELEC ACTUATOR FAULT
HYD G RSVR LEVEL LO
ELEC C/B TRIPPED
ELEC DRIVE 2 DISCONNECTED
F/CTL L MID AILERON FAULT
ELEC AC BUS 2 FAULT
ENG 2 NORM MODE FAULT
A-ICE WING VLV OPEN
A-ICE ENG 1 VLV OPEN
A-ICE ENG 2 VLV OPEN
AIR L OUTR WING LEAK
AIR L INR WING LEAK
AIR ENG 2 BLEED LEAK
FUEL JETTISON VLV NOT CLOSED
ENG 1 NORM+ALTN MODE FAULT
ENG 2 NORM+ALTN MODE FAULT
ENG 4 NORM+ALTN MODE FAULT

35 alertas envolvendo os sistemas de controle de voo, hidráulico, trem de pouso, pneumático, freios, elétrico, anti-gelo, combustível…

…além de 3 dos 4 motores.

Quase duas horas depois, o comandante pousou novamente em Changi.

Todas as 469 pessoas a bordo sobreviveram, sem nenhum ferimento sequer.


O que um acidente tem a ver com provas e processos seletivos?

Em geral, pouca coisa.

Porém, no Qantas 32, a situação enfrentada pelos pilotos foi igual ao que a gente encontra durante os estudos.

Os 35 alertas soando na cabine eram como as matérias gritando na nossa cabeça.

Sequência de alertas iniciais no voo Qantas 32. Fonte: Relatório Final do acidente.

Todos exigindo atenção ao mesmo tempo, e você não pode ignorar nenhum.

Como você vai ver, lidar com essa sobrecarga de informações foi a tarefa mais difícil para a tripulação do Qantas 32…

E também é a maior dificuldade de qualquer prova teórica na aviação.

Pensa comigo: as questões nunca envolvem um raciocínio complexo que leva mais de 1 hora pra chegar na resposta.

Isso sim é uma questão complexa. Retirada do vestibular do ITA de 2020.

São perguntas diretas.

Ou você sabe, ou você não sabe.

E não é tão difícil de aprender.

O que é realmente difícil é ter todos os conteúdos de cabeça. Lidar com um volume imenso de informações sem esquecer nenhum detalhe.

E decorar não ajuda nada, porque a gente decora um conteúdo e esquece o outro.

No PP/PC ainda vai, porque são menos conteúdos.

Mas em um processo seletivo, com 13 matérias de ATPL

Ou na prova da ICAO, com milhares de palavras pra lembrar o significado, a pronúncia e onde encaixa na frase…

Os truques antigos não funcionam mais.

Fora as apostilas, manuais, resumos, aplicativos…

Para garantir a aprovação, nós precisamos de uma nova estratégia.

Uma estratégia que nos ensine a navegar por uma tempestade de informações sem cair no meio do caminho.

É exatamente isso que nós vamos aprender com a tripulação do Qantas 32.

A estratégia que eles usaram para lidar com sobrecarga pode ser usada em qualquer contexto, inclusive durante a preparação para uma prova ou processo seletivo.

E, a partir do que eles fizeram, vamos estudar o raciocínio que estava por trás e aprender a aplicá-lo para estar sempre entre os primeiros colocados, com a máxima eficiência, o mínimo stress, e sem decorar nada.

Aí sim.

Foto do Qantas 32 após o pouso, com os bombeiros tentando apagar o motor 1. Fonte: news.com.au.

Está preparado?

Então vamos voltar para o Qantas 32.

Copy link